Artigo, Cresça seu negócio

Diminuição de capital de giro: melhores práticas de mercado

06/09/2016

Diminuição de Capital de giro

Você sabe o que é diminuição de capital de giro? É uma das definições mais fundamentais na hora de empreender.

A administração do giro de capital diz respeito ao status financeiro que sua empresa apresenta e esta relacionado aos prazos operacionais de venda, compra e demais pagamentos e dias em estoque. É o que chamamos de dinheiro em caixa de toda a organização. 

Atualmente, o que tem chamado atenção é a falta de cuidado para lidar com o capital de giro. Para que a empresa sobreviva por mais tempo, o capital de giro deve estar em constante avaliação e monitoramento.

Vamos entender mais sobre administração de capital de giro a seguir.

 

Como calcular o capital de giro?

Para calcular o capital de giro, a fórmula é a seguinte:

CGL (Capital de Giro Líquido) = AC (Ativo Circulante) – PC (Passivo Circulante)

AC: caixa, estoques, aplicações e pagamentos a receber. 
PC: empréstimos, pagamentos a serem realizados e fornecedores. 

O cálculo será influenciado pelo fluxo de caixa, que deve ser mantido detalhado sempre, e os recursos que a empresa utiliza, desde a venda até a reposição.

# Insight: domine por completo todos os indicadores financeiros, além do Capital de Giro, de sua empresa com nosso eBook:

eBook Guia de Indicadores Financeiros

 

Como otimizar a administração?

  • Acompanhe o ciclo de capital de giro

Se você já sabe o que significa o capital de giro, o ciclo consiste no prazo de pagamento a seus fornecedores, de recebimento dos seus clientes e dos níveis de estoque de mercadorias.

Para otimizar o uso desse recurso, é preciso uma gestão eficiente nesse processo.

  • Controle o estoque

O fator que permite o movimento do giro é a venda.

Com o objetivo de descobrir perfis de clientes, preço de cada produto e a popularidade de cada item, é necessário controlar o estoque, justamente para você ter essa rotatividade e evitar erros na hora de separar produtos ou repor o estoque.

# Insight: faça seu estoque trabalhar para você, não o contrário:

  • Faça a administração do capital de giro

A otimização parte do pressuposto de agilizar processos e manter a empresa ativa.

Para isso, recomenda-se administrar corretamente o dinheiro em caixa. Lembre-se de que o planejamento financeiro nessa hora é de suma importância para não haver prejuízo.

Reagende datas e adeque o seu negócio conforme o giro que você possui.

  • Crie estratégias

Quando não há capital de giro, as despesas financeiras se tornam, normalmente , bastante elevadas.

Por isso, convém você criar estratégias que visem à organização do fluxo de caixa, montando uma planilha, indicando: despesas, pagamentos, vendas, fornecedores.

  • Cuidado com os empréstimos bancários

Muitos empresários realizam empréstimos bancários para saldar dívidas com fornecedores e clientes.

Entretanto, recomenda-se cautela, pois, ao pedir empréstimos, uma hora você deverá pagá-lo de volta, com juros e correções e, consequentemente, maiores despesas.

Uma dica nessas horas é, em vez de quitar os pagamentos atrasados com o empréstimo, verifique suas condições de prazo concedido aos clientes e, principalmente, os níveis de estoque, adequando-os aos níveis atuais e estimados de atividade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *