Artigo, Ninja Financeiro

Precificação no e-commerce: Como a sazonalidade pode influenciar nas vendas

19/09/2018

As datas comemorativas são grandes responsáveis pela oscilação das vendas durante o ano, influenciando na lucratividade das lojas físicas e virtuais. O ideal é aproveitar esses momentos para promover sua marca e ainda fidelizar através de um bom atendimento e serviço prestado.

Acompanhar a sazonalidade pode acarretar em mudanças na precificação no e-commerce e é fundamental para destacar sua loja em meio a tantas opções.

Cada empresa deve definir quais são as datas comemorativas para usar a seu favor, pois varia conforme o nicho de negócio. Verifique quais se adaptam a realidade do público alvo e programe as ações para cada uma delas.

 

Principais datas comemorativas

Após listar as datas comemorativas que fazem sentido para seu planejamento, é hora de analisar a cada uma delas e definir quais são mais procuradas pelo público e em quais a conversão de vendas é maior ou as que não são muito significativas.

As datas comemorativas mais comuns utilizadas tanto no comércio físico quanto no e-commerce são:

  • Páscoa
  • 15 de março (Dia do Consumidor);
  • 2º domingo de maio (Dia das Mães);
  • 12 de junho (Dia dos Namorados);
  • 2º domingo de agosto (Dia dos Pais);
  • 12 de outubro (Dia das Crianças);
  • Última sexta-feira de novembro –  (Black Friday – focado no e-commerce);
  • 1ª segunda-feira após o Black Friday (Cyber Monday – focado no e-commerce);
  • 25 de dezembro (Natal).

As datas citadas acima são as mais conhecidas, mais exploradas pelo comércio. Além destas, existem comemorações que são específicas para cada nicho, como dia do esporte, dia da alimentação saudável, dia do engenheiro, dia da aventura… com as datas bem definidas, poderá programar ações que atraiam o público desejado e converta em vendas.

A criatividade é uma grande aliada nesse momento. Use e abuse dela para atrair os clientes para sua loja, faça com que eles sejam envolvidos pela sua marca, em seu site e nas redes sociais, que são grandes aliadas. Não entregue apenas serviços e produtos. Entregue experiências aos clientes.

 

Precificação: Como potencializar vendas

Uma das formas utilizadas para vender mais, é a precificação dos produtos. Compor o preço final do item a ser comercializado pode melhorar a competitividade entre os anunciantes de um mesmo produto.  

A facilidade de comprar e o preço correspondem a aproximadamente 70% dos fatores que levam o consumidor a concluir uma compra. Eles influenciam na decisão e avaliação da loja – E-commerce Brasil

Os preços praticados durante as datas comemorativas podem ser estratégicos, a fim de estimular a conversão de vendas. Veja abaixo alguns dos recursos utilizados:

  • Vale-presentes;
  • Ofertas e promoções especiais;
  • Cupons de desconto;
  • Cronômetro de promoção;
  • Produtos personalizados;
  • Kits de produtos.

Estas estratégias podem ser utilizadas no período de datas comemorativas, assim como em momentos de baixa venda. É um incentivo para que o cliente finalize a compra em sua loja.

Leia mais sobre a margem ideal para o e-commerce.

E já pensou em anunciar seus produtos a um preço atrativo, e mesmo assim ter lucro? É possível, sim! Você apenas precisa utilizar estratégias de precificação de forma inteligente. Desta forma, o lojista consegue manter um preço competitivo em seus produtos, sem sair no prejuízo.

Primeiramente, é importante traçar um objetivo e quais serão os obstáculos para poder atingir esse objetivo. Também é necessário pensar na reputação de sua loja, que pode ser prejudicada conforme os preços praticados. Preços muito altos podem acarretar em uma baixa nas vendas. Por outro lado, um preço exageradamente baixo pode causar a sensação de falta de qualidade nos itens ou serviços vendidos.

Obviamente, o preço praticado na hora da venda deve ser superior a soma de gastos relacionados a ele até o momento da venda. Isso inclui preço do produto, impostos, frete e  custo da operação, por exemplo. Some estes custos encontrados ao quanto quer ganhar de lucro. Esta é apenas uma das formas para precificação, que é chamado de markup. Confira outras formas de precificação aqui

Vale lembrar que, canais de venda diferentes exigem diferentes estratégias de precificação. Os marketplaces, por exemplo, são comissionados e uma loja própria, não. Inclua a comissão em sua lista, caso utilize marketplace para anunciar seus produtos.

Veja as vantagens e desvantagens de utilizar marketplace e plataforma.

E para que os clientes cheguem até a sua loja a fim de aproveitar esses benefícios, não esqueça de divulgar suas ações para aumentar a audiência. Anúncios no Google, e-mail marketing e redes sociais são algumas ideias.

Dica: Se deseja aumentar as vendas, previna-se com um bom estoque. Nada mais desagradável do que vender um produto através de ações de marketing, mas na hora de fechar a compra, o cliente não encontra em estoque. Além disso, previna-se para que seu site fique em constante funcionamento, sem quedas, para evitar a perda de vendas.

Ao utilizar o Tiny ERP, sua rotina para as datas especiais se torna mais fluida e prática e evita este tipo de problema.

Agora você já sabe os melhores momentos para divulgar ações e como precificar. Faça um planejamento anual para sua empresa e analise os resultados, para que sempre possa evoluir.

 

Texto feito por: Tiny ERP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *