Artigo

Por que gestão é subestimada e o foco sempre é vendas

18/09/2018


Uma boa gestão empresarial deve traçar caminhos para levar ao crescimento da empresa, melhorando assim todos os processos da organização.

Neste artigo falaremos sobre a importância de aplicar corretamente a gestão empresarial, quando o foco é sempre vendas.

Trataremos também das diversas áreas de gestão de uma empresa e da funcionalidade de cada uma. 

Por que fazer Gestão Empresarial?

A gestão empresarial deve ser aplicada desde o início do negócio.

A mesma permite que os processos sejam bem definidos, identificando oportunidades e ameaças, mantendo uma organização da rotina da empresa.

Porém, a gestão muitas vezes é vista pelo próprio administrador como algo que pode ser feito de qualquer forma. Sendo ignorada em muitas situações e ficando em escanteio, quando a maior preocupação da organização é somente vender.

As vendas devem ser sim valorizadas pela empresa, já que para manter o negócio é preciso de capital.

Gestão e vendas caminham juntos, pois o processo de venda necessita de uma organização e planejamento para gerar resultados esperados.

Mas afinal, o que é gestão de vendas?

A Gestão de vendas é a forma de administrar as vendas de uma empresa. Juntamente com seu planejamento e monitoramento dos resultados obtidos.

Nesta gestão devem ser pensadas estratégias eficazes para aumentar o faturamento do negócio.

Resumindo, a gestão de vendas consiste desde o processo de aquisição de serviços e produtos, até o atendimento aos clientes.

Qual a sua importância?

Quando se consegue fazer a gestão de vendas de maneira correta toda a organização é beneficiada, já que um atendimento de qualidade é essencial para a fidelização dos clientes, o que ajuda na área financeira da empresa.

Todavia, a Gestão de uma empresa não se limita somente em Gestão de Vendas. Para administrar bem uma organização outras áreas devem ser levadas em consideração, como:


• Gestão de Clientes: Se resume em uma série de estratégias que buscam a fidelização do consumidor para com a marca;
• Gestão de Processos: Tem o objetivo de criar uma identidade e uma unidade nas execuções de tarefas em todas as áreas da organização dentro do formato desejado pela direção.
• Gestão de Pessoas: Consiste em toda uma série de técnicas e práticas, que visam gerir da melhor forma possível o capital humano de uma empresa, afim de maximizar lucros, garantindo uma atuação bem organizada e o bom funcionamento do negócio.
• Gestão Financeira: É todo o processo que uma organização faz para controlar suas finanças e mantê-las em dia.

Falando em gestão financeira…

É importante ressaltar que ela auxilia na definição das melhores alternativas de ações em um ambiente de negócios repleto de riscos, incertezas, competição, e possibilidade desconhecidas.

Gerir bem a área financeira da empresa é a arma mais sólida para um crescimento planejado e organizado. Esta gestão deve passar por várias etapas para melhorar os resultados da empresa, sendo elas:

  • o planejamento financeiro;
  • análise de contas a pagar e a receber;
  • análise de resultados, faturamento e tesouraria.

A falta da organização das finanças da empresa pode acarretar em muitos contratempos, por isso, é preciso controlar com muito cuidado as entradas e saídas de dinheiro para que se tenha uma verdadeira noção do capital disponível, definir a data dos pagamentos e recebimentos que devem ser feitos, ajudando também na redução dos impostos.
Também devem ser tomados alguns cuidados como :

• Não se deve contabilizar como saldos positivos cheques a serem devolvidos ou compensados;
• Não se esqueça de sempre anotar as movimentações bancárias;
• Faça uma projeção financeira anualmente para que se tenha uma noção das despesas e receitas.

Resumindo

Como podemos ver, gerir bem uma empresa traz diversas vantagens, sendo algumas delas :

– Engajamento dos colaboradores: gerir pessoas não é uma tarefa fácil. Quando os funcionários estão satisfeitos com a gestão da empresa em que trabalham, eles sentem prazer em atingir os objetivos em equipe e colaborar para a melhoria do negócio como um todo;
– Maior identificação dos erros: como já foi dito, a gestão empresarial permite que falhas durante a realização de algum projeto sejam identificadas antes da conclusão do mesmo;
– Melhores serviços executados: a satisfação da equipe reflete no aperfeiçoamento dos serviços entregue aos clientes, consequentemente, isso gerará um feed back positivo;
– Aumento da competitividade: uma empresa competitiva é aquela que consegue se destacar como uma das melhores em sua área de atuação. Isto é possível por meio de uma boa gestão, já que a mesma proporciona melhores resultados em um negócio.

Agora que você entendeu o mistério de muitas empresas conseguirem alcançar mais e melhores resultados. Separamos um guia completo capaz de te ajudar a conseguir a mesma performance!

Artigo produzido por Gilcarlos Bessa, Diretor da 2MGA CONSULTORIA EMPRESARIAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *