Artigo, Varejo Inteligente

Como fazer um orçamento para o varejo de forma eficaz?

04/05/2016

orçamento de varejo

O varejo possui algumas necessidades específicas para garantir que a venda de produtos aconteça conforme as necessidades dos clientes e seja lucrativa para o negócio. Orçamentos de varejo servem para ajudar.

Para isso, é preciso dispor de recursos para empreender uma série de ações necessárias para o sucesso e é justamente nesse momento que aparece o orçamento. Feito de maneira eficiente, ele pode mudar para melhor os resultados do varejo.

Mas você sabe como fazê-lo corretamente? Continue lendo e descubra os elementos mais importantes para um bom orçamento do varejo!

 

O que é a criação de orçamentos dentro do varejo?

A criação de orçamentos no varejo não tem a ver com a elaboração de uma proposta comercial. Trata-se, na verdade, do planejamento correto de uma distribuição de recursos para o bom funcionamento do negócio.

Esse orçamento, inclusive, pode ser criado de maneira segmentada, como para a área de vendas, de marketing e de estoque, por exemplo.

Assim, cada setor do varejo tem uma determinada quantidade de recursos disponíveis a serem usados de maneira planejada e assertiva.

Com isso, o orçamento do varejo é uma espécie de roteiro a ser seguido para usar os recursos disponíveis dentro do varejo, podendo haver a divisão por setores.

 

Como fazer um orçamento eficiente?

Os dois elementos principais de um bom orçamento são:

  • Quantidade de recursos disponíveis
  • Tempo.

O mesmo valor disponível pode criar um orçamento confortável ou apertado dependendo do tempo: quanto mais tempo o setor precisar usar os mesmos recursos, mais estrito deve ser o orçamento.

No varejo, também devem ser levados em consideração outros fatores, especialmente os relacionados a vendas.

A possibilidade de descontos é um exemplo, já que, nesse caso, é necessário planejar qual é a margem de lucro.

A condição de pagamento também entra nessa conta e quanto mais possibilidades de parcelamento forem disponibilizadas, maior é a necessidade de controle orçamentário.

Não menos importante é o capital de giro. Como é ele que garante o sustento das operações da empresa por determinado período, qualquer impacto no orçamento pode fazer com que essa necessidade mude radicalmente.

 

Qual o impacto de um bom orçamento?

Um bom orçamento tem impacto direto na precificação dos produtos. Segundo a necessidade de recursos e como eles serão utilizados, é possível estabelecer o melhor preço de venda de modo a assegurar a lucratividade e rentabilidade do negócio.

# Insight: Utilize nosso eBook para auxiliá-lo na formação de um bom Preço de Venda:

Quando bem feito, o orçamento no varejo também ajuda a evitar gastos imprevistos ou mal planejados, reduzindo sobremaneira os custos operacionais do negócio.

Isso aumenta a margem de lucro das vendas, o que ajuda o negócio a ter mais recursos para futuros orçamentos.

No geral, um bom orçamento também é uma forma de acompanhar o negócio e fazer uma avaliação entre o que fora previsto e o que foi realizado, de modo a melhor a tomada de decisão no futuro.

Falando em orçamento, existem erros financeiros no seu varejo que podem comprometer os resultados. Você sabe quais são eles? Descubra lendo o nosso artigo com os 6 erros de gestão financeira que devem ser evitados no varejo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *