Como aumentar sua margem de lucro usando o marketplace


Realizar compras e vendas na internet está cada vez mais comum.

Hoje, muitas lojas que vendiam apenas no varejo tradicional buscam alternativas no digital para expandir seus negócios, criar um relacionamento mais próximo com os clientes e atingir novos públicos.

Diante de todos esses desafios modernos, uma dúvida muito comum é: quais canais utilizar na sua estratégia de vendas online.

E um que tem ganhado bastante destaque, além do e-commerce próprio e redes sociais, é o marketplace, porque é um canal onde o lojista pode iniciar com pouco investimento e contar com serviços de logística, meios de pagamento, crédito e publicidade.

Toda essa estrutura disponível logo no começo, facilita o crescimento saudável das vendas e, consequentemente, a margem de lucro, pois as áreas de gestão e operação do lojista são otimizadas. Entenda melhor a seguir.

 

Como funciona o marketplace?

O marketplace é uma plataforma que, em geral, já é bastante acessada e conhecida pelo público, onde grandes lojas virtuais oferecem a estrutura do próprio site para que outros lojistas vendam seus produtos.

Funciona como uma espécie de “shopping virtual”. Podemos citar, por exemplo, o site da Americanas, onde lojistas com os mais diversos produtos podem anunciar e vender seus itens lá dentro.

Basicamente o novo lojista utiliza o espaço da marca já consolidada no mercado como mais um canal de vendas para seu negócio.

O interessante é que nos marketplaces é possível encontrar praticamente todo tipo de produto e de empresa, seja aquelas que estão começando ou que já possuem expressão no mercado, mas querem ainda mais espaço e posicionamento.

Esse modelo de negócio cresce ano após ano por todo o mundo. Aqui no Brasil, só no primeiro semestre de 2019, o mercado de marketplace cresceu 13%, segundo o Ebit, com destaque para as categorias de alimentos e bebidas, papelaria e escritório e petshop como as de maior crescimento de pedidos.

Isso mostra que o marketplace está rompendo uma barreira importante e atraindo o público para que compre bens recorrentes também pela internet.

 

Por que vender no marketplace?

Ficou claro que para os consumidores os marketplaces são ótimos lugares de compra, porque neles é possível encontrar uma boa variedade de preços e produtos.

Entretanto, e para quem vende? Por que é interessante garantir presença dentro dos marketplaces?

 

Plataforma acessível

O público que acessa os sites do marketplace já está familiarizado com a plataforma, desde a realização de buscas na barra principal, até filtros por categorias, tamanhos e modelos.

Sendo assim os clientes não vão olhar seus produtos com “estranhamento”, pois eles estarão anunciados em um ambiente já conhecido pelos visitantes.

 

Tráfego de visitantes

Por estarem familiarizados com alguns marketplaces, a tendência é que esse mesmo público recomende o site para mais pessoas, gerando tráfego orgânico, ou seja, mais visitantes e clientes ativos podem ver seus produtos.

Isso significa que estando lá dentro, suas chances de alcançar novos consumidores e escalar suas vendas aumentam, em todas as épocas do ano.

 

Segurança

Os marketplaces contam com elevados sistemas de segurança para evitar invasões e fraudes, garantindo a melhor experiência possível para quem compra e para quem vende, por isso, clientes e lojistas precisam criar um cadastro dentro da plataforma com dados pessoais ou da loja.

Os marketplaces permitem, ainda, que os lojistas ofereçam variadas e seguras formas de pagamento, seja por cartão de crédito, débito, boleto, aplicativos de compras com cashback, e mais.

Outra vantagem é que, em alguns marketplaces, mesmo quando o consumidor parcela as compras, o lojista recebe o valor integral, de uma vez.

 

Envio de pedido

Dependendo da plataforma que o lojista utilizar, o envio do pedido pode ser de responsabilidade sua, do marketplace ou compartilhado

Uma forma muito comum de envio é quando a plataforma fornece uma etiqueta que o lojista cola junto ao produto e entrega em uma agência de transporte conveniada.

Assim, o processo ganha velocidade e o lojista evita dores de cabeça com a entrega.

No B2W Marketplace, por exemplo, este serviço é gratuito para todos os lojistas.

Leia Também: 8 cuidados que você deve ter com logística na Black Friday

 

Margem de lucro

Como mostrado anteriormente, por conta de todas essas vantagens que o lojista pode contar quando vende no marketplace, é possível cortar custos, ou seja, manter o mesmo preço do produto final e ainda garantir uma margem de lucro melhor.

Imagine que quando você vende no seu e-commerce, por exemplo, precisa se preocupar com a segurança do site, contratando serviços especializados para evitar furtos, fraudes e invasores; criar tráfego de forma consistente, o que leva muito tempo, seja de forma orgânica ou paga.

E, fora isso, contratar empresas do ramo logístico para entregar seus produtos; procurar empresas financeiras e assim poder oferecer ao cliente modos de pagamento seguros e confortáveis, entre outros investimentos.

Além de já oferecer tudo isso, o marketplace te oferece outra coisa valiosa: tempo.

Quando você tem mais tempo livre para pensar em estratégias relacionadas diretamente ao crescimento do seu negócio e evitar esses processos operacionais ou burocráticos, consegue criar estratégias dentro do próprio marketplace para anunciar melhor, produzir mais, expandir suas vendas e sua margem de lucro.

Leia Também: Qual é a margem de lucro ideal para minha empresa?

 

Como calcular sua margem de lucro no marketplace?

É importante entender também que mesmo sendo acessível vender no marketplace e os investimentos serem baixos, eles existem.

Cada marketplace possui seu modelo de cobrança próprio, mas a maioria não cobra taxa de cadastro para começar e muito menos de manutenção da plataforma (assinaturas). Em geral, o custo consiste em uma comissão sobre venda realizada.

Se você ainda está em dúvida sobre qual seria sua margem de lucro vendendo no marketplace, experimente fazer um teste.

A Preço Certo, em parceria com o B2W Marketplace, que é responsável pelas marcas Americanas, Americanas Empresas, Submarino e Shoptime, desenvolveu uma calculadora que te ajuda a entender melhor sua margem de lucro vendendo dentro destes sites.

A ferramenta é gratuita e muito fácil de utilizar. Chegou a hora de vender mais e melhor na internet. Clique no botão e acesse já o material.

 

Acessar Calculadora de Preços

 

 

Conteúdos Relacionados com Marketplace

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.