Como escolher o melhor Marketplace de Nicho para a minha empresa?


95%.

Esse número é um valor muito alto, seja qual o motivo dele, certo? E se eu te dissesse que esse é o número de consumidores online que compram de marketplaces? Ele parece ainda mais expressivo não é mesmo?

Estar em marketplaces, hoje, não é mais uma opção das empresas que atuam no mercado online.

Para ter acesso a mais consumidores, ter sua marca mais reconhecida e aumentar o número de vendas, estar nos marketplaces tem que fazer parte da estratégia das empresas online. 

Inclusive, hoje, tem muitas empresas que decidiram não abrir mais lojas virtuais e atuar unicamente nesses canais de vendas online, onde as vendas acabam saindo de maneira mais fácil e rápida, sem muito esforço, já que há uma grande quantidade de visitas e conversões.

Entretanto, quando falamos de estratégia, cada empresa tem a sua, certo? E se os marketplaces são o novo canal de vendas onde os lojistas estão de olho, então é preciso adotar estratégias ainda mais refinadas para atuar neste canal.

É aí que entram os marketplaces de nichos.

Você sabe o que são?

 

[Baixe Gratuitamente] Calculadora de Preços para Marketplace

 

O que é Marketplace de Nicho?

Para entender melhor, o Marketplace de nicho é um Marketplace mais segmentado, voltado para determinados tipos de segmento, como por exemplo moda, esporte, casa e decoração, eletrônicos entre outros. 

A escolha de um Marketplace de nicho vai sempre de encontro com a estratégia do lojistas, há aqueles que entrar em um Marketplace mais abrangente pode fazer sentido e até, de fato, dê resultados esperados, mas há lojistas que preferem algo mais focado em seu negócio e consequentemente, clientes que tenham mais a ver com a persona desenhada por eles.

Isso apenas um Marketplace de nicho pode trazer. 

Para empresas que já têm seu segmento bem desenhado, como por exemplo uma loja que venda roupas femininas ou uma loja especializada em produtos fitness, escolher o Marketplace de nicho não é uma tarefa muito complicada, mas ainda assim, alguns pontos devem ser levados em consideração, como por exemplo:

 

Categoria dos produtos vendidos

A loja precisa entender se as categorias de produtos que ela tem à disposição do Marketplace é compatível com as categorias que o Marketplace disponibiliza para ela.

 

Visitação

Entender se o seu produto é bem procurado naquele Marketplace e entender se faz sentido ter ele ali, também é algo que pode fazer a diferença no seu negócio.

Colocar um produto em um Marketplace de nicho, que às vezes, não é tão reconhecido por aquele tipo de produto pode ser um erro.

Por exemplo: colocar um biquíni esportivo em uma loja de produtos esportivos, mais focado à prática de exercícios em terra, com certeza, seu produto não será visto e nem terá o resultado que você espera.

 

Público

É necessário entender se o público que frequenta aquele Marketplace é exatamente o público que você espera para o seu produto.

Ter um produto muito caro em um marketplace onde os produtos são mais baratos ou um produto muito barato em um marketplace onde as coisas são mais caras, por exemplo, pode não ser o ideal para o seu produto e o resultado, com certeza, também não virá.

Leia Também: Conheça os 9 Indicadores de Vendas do Varejo

 

Estoque

Você precisa entender a taxa de visitação e conversão do site e ver se terá um estoque para atender essa demanda e dos outros canais que você tenha.

Atuar em um marketplace é tão complexo como em outros canais, mas o principal agravante é a perda de relevância por pedidos atrasados ou cancelados.

É importante você entregar tudo no prazo e até antes, se conseguir.

Surpreender positivamente seu cliente é um dos segredos para atuar em marketplaces e conquistar os clientes para a sua marca. 

 

Guia completo de gestão de estoque

 

Atuando em Marketplaces de Nicho

Quando a empresa decide entrar para um marketplace de nicho, assim como todos os outros tipos de marketplace, é importante que a empresa saiba como quer começar.

Não adianta entrar com todos os produtos de uma vez e achar que quanto mais produtos, mais vendas sairão, pois sem dúvidas, a única coisa que você terá em grande quantidade será um trabalho que pode ser desnecessário!

O ideal é você entender quem é o público que você quer atingir – Para quem você quer vender?

Responder essa pergunta é primordial, pois apenas assim você conseguirá decidir quais de seus produtos são os mais importantes de serem colocados no Marketplace. 

Caso você já tenha um 80/20 bem preparado, talvez valha a pena trabalhar com os produtos que são responsáveis pelos seus 80% de faturamento e colocá-los também nos marketplaces a disposição do consumidor.

Lembrando que saber se o estoque que você trabalha será o suficiente para atender o Marketplace que você escolher é importante!

Depois de escolher os produtos e o público, escolher o Marketplace de nicho fica bem mais fácil e você pode estudar cada um deles.

Foque nas estratégias de venda e desenhe uma estratégia para cada Marketplace.

Estude cada um deles, entenda quais os pontos positivos e negativos e utilize-os a seu favor.

Leia Também: Como Precificar um Produto

 

Tenha um ótimo atendimento, mesmo atuando em marketplaces

Muitas empresas acreditam que porque estão nos marketplaces, não precisam se dedicar a esse canal e isso é um grande engano. 

Assim como em qualquer outro canal de vendas, seja físico ou online, é preciso ter um responsável para o atendimento, para cuidar das vendas, para enviar os produtos e é primordial que um pós-venda bem feito seja realizado. 

Apesar de você não ter um contato direto com o cliente, pois ele compra diretamente do Marketplace, se atente em montar uma embalagem resistente e que mostre ao seu cliente o cuidado com o produto. 

Coloque um brinde ou um cupom de desconto para que ele possa comprar uma próxima vez, na sua loja. 

Caso o cliente queira a troca, atenda-o e mantenha-se à disposição aos requerimentos que o marketplace fizer, pois somente assim, você conseguirá conquistar seu cliente de uma vez por todas nos marketplaces de nicho. 

Atuar em um marketplace de nicho é uma boa escolha para a empresa, desde que ela entenda o objetivo que quer com o marketplace e que tenha estratégias bem montadas. 

Comparar o marketplace mais geral com um marketplace de nicho não é possível, pois são estruturas muito diferentes, apesar de serem canais parecidos.

Entretanto, a empresa não precisa escolher entre um ou outro, ela pode sim atuar em ambos, mas ter em mente que a estratégia é sim, totalmente diferente. 

Estar em marketplaces de nicho é uma opção rica para a empresa e usar o máximo das ações disponíveis é algo muito inteligente, por isso, antes mesmo de entrar no marketplace, conheça o canal que você quer atuar, o que ele tem para lhe oferecer e evite ir com a onda.

Escolha o Marketplace certo para o seu negócio, independente do que o mercado está fazendo.

Ninguém conhece melhor o seu negócio do que você mesmo.

 

 

Conteúdos Relacionados com Marketplace

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.