Como calcular o capital de giro da empresa e dos produtos?


Calcular o capital de giro é uma tarefa extremamente importante para todo negócio.

Só para você ter uma visão, a cada 5 empresas que fecham as portas, 3 são por conta de problemas relacionados ao capital de giro, segundo dados da Preço Certo.

Mais do que simplesmente faturar e obter lucro dentro da empresa, é necessário ter em caixa uma quantia mínima responsável por manter a operação funcionando.

É por isso que neste artigo irei te ensinar a calcular o capital de giro da sua empresa e dos seus produtos, vamos lá?

Os tipos de produtos

Antes de entendermos o cálculo do capital de giro, precisamos entender dois conceitos muito importantes.

De acordo com o impacto de cada produto sobre o capital de giro da empresa, podemos classificá-los basicamente em dois tipos: tomares e geradores de caixa.

 

Produtos geradores de caixa

São aqueles onde o dinheiro das vendas entra na conta da empresa antes que seja necessário pagar ao fornecedor deste produto e honrar as demais despesas da empresa.

Nós identificamos estes produtos quando o capital de giro unitário é positivo.

 

Produtos tomadores de caixa

São produtos onde o lojista necessariamente precisará, primeiro, desembolsar dinheiro para efetuar a compra, lidar com o estoque e só depois irá obter o retorno financeiro com a venda do produto.

Nós identificamos estes produtos quando o capital de giro unitário é negativo.

Leia Também: Como a relação com fornecedores impacta o capital de giro

 

Como calcular o capital de giro de um produto?

Para calcular a necessidade de capital de giro de um produto precisamos, temos a seguinte fórmula:

Capital de giro = Contas a pagar – ( Contas a receber + Estoque)

Agora vou explicar cada termo e como calculamos.

 

[Baixe Gratuitamente] Calculadora de Capital de Giro

 

Como calcular o contas a pagar?

Contas a pagar são todos os compromissos que temos que pagar, como impostos, fornecedores, comissões, etc.

E é calculado da seguinte forma:

CP = (custo unitário × compras × prazo de pagamento) /30

Onde:

  • CP: contas a pagar
  • Custo unitário: valor unitário pago em uma mercadoria.
  • Compras: quantidade de compras médias mensais.
  • Prazo de pagamento: prazo de pagamento ao fornecedor, em dias.

 

Como calcular o contas a receber?

Contas a receber são todos os valores a serem recebidos, seja em vendas à prazo ou à vista.

E é calculado da seguinte forma:

CR = (PV × vendas × prazo de venda) /30

Onde:

  • CR: contas a receber.
  • PV: preço de venda unitário do produto.
  • Vendas: quantidade de vendas realizadas no mês.
  • Prazo de venda: prazo de recebimento da venda, em dias.

Leia Também: Como precificar um produto

 

Como calcular o estoque?

Estoque é o nível médio de insumos que temos para vender mensalmente.

Estoque = (custo unitário x compras x dias de estoque) /30

Onde:

  • Estoque: estoques.
  • Custo unitário: valor unitário pago em uma mercadoria.
  • Compras: quantidade de compras médias no mês.
  • Dias de estoque: dias médios em estoque, conforme a fórmula abaixo

Dias de estoque = (estoque médio/quantidade vendida) × 30

Leia Também: O que é o giro de estoque

 

Calculando a necessidade de capital de giro na prática

Agora que entendemos como calcular a necessidade de capital de giro, vou apresentar um exemplo de como fazemos o cálculo.

Para isso, imagine que temos um produto que possui estes números:

  • Quantidade vendida no mês = 1 única unidade (objeto de estudo)
  • Estoque médio do mês = 500
  • Preço de venda = R$60,00
  • Prazo de recebimento = 30 dias
  • Custo da Mercadoria = R$30,00
  • Prazo de pagamento ao fornecedor = 1 dia

Com base nessas informações, vamos calcular primeiro o “dias em estoque”:

  • Dias em estoque = (estoque médio/quantidade vendida) × 30
  • Dias em estoque = 150 dias

Depois iremos calcular o restante das métricas – a ordem você que define.

Escolhi apresentar primeiro o contas a pagar (CP), depois o contas a receber (CR) e por fim, o estoque de um único produto.

  • CP = (custo unitário x compras x prazo de pagamento) /30
  • CP = (30 x 1 x 1) / 30
  • CP = R$1,00

 

  • CR = (PV × vendas × prazo de recebimento) /30
  • CR = (60 x 1 x 30) / 30
  • CR = R$60,00

 

  • Estoque = (custo unitário x compras x dias de estoque) /30
  • Estoque = (30 x 1 x 150) /30
  • Estoque = R$150,00

 

Por fim, chegaremos ao cálculo da necessidade de capital de giro deste produto:

Capital de giro = Contas a pagar – ( Contas a receber + Estoque)

Capital de giro = 1 – (60 + 150)

Capital de giro = – R$209,00

Portanto, este produto é um tomador de caixa em R$209,00.

Em outras palavras: para cada unidade vendida desse produto, precisamos provisionar R$209,00 em caixa.

 

Como calcular o capital de giro de manutenção da empresa?

Para encontrarmos a necessidade de capital de giro para manter a empresa, a fórmula geral que iremos utilizar é a mesma que utilizamos anteriormente.

Porém, precisamos olhar a nível global, ou seja, a empresa toda.

Para isso, criamos este exemplo imaginando o seguinte cenário: uma loja que comercializa camisetas possui um total de:

  • R$7.000,00 no total de contas a pagar;
  • R$7.200,00 em contas a receber;
  • R$1.500,00 em estoque.

Pela fórmula do capital de giro, temos que:

Capital de giro = Contas a pagar – ( Contas a receber + Estoque)

Capital de giro = 7000 – (7200 + 1500)

Capital de giro = – R$1700

Neste caso, temos uma empresa tomadora de caixa em R$1.700,00.

Agora vejamos essa mesma empresa diante de um outro cenário:

  • R$7.000,00 no total de contas a pagar;
  • R$5.000,00 em contas a receber;
  • R$500,00 em estoque

Pela fórmula:

Capital de giro = 7000 – (5000 + 500)

Capital de giro = R$1500

Neste caso a empresa tem um capital de giro positivo, sendo geradora de caixa em R$1.500,00.

 

Bônus: calculadora de capital de giro

Agora que você já entendeu o cálculo do capital de giro, quero te convidar a conhecer a calculadora de capital de giro da Preço Certo.

O objetivo desta ferramenta é te ajudar a calcular o capital de giro mensal e unitário dos seus produtos de forma rápida e prática.

Calcule o seu capital de giro

 

 

Conteúdos Relacionados com Indicadores

2 comentários em “Como calcular o capital de giro da empresa e dos produtos?”

  1. Boa tarde. Poderia conferir os cálculos realizados para contas a pagar, a receber e estoques? Acredito estarem com erro diante das informações dadas. Além disso, não conferem com a tabela de cálculo disponibilizada em excel. Abraços.

    1. Lucas Souza

      Obrigado por sinalizar Danielle!
      Nós adicionamos um número diferente do apresentado no exemplo, mas já corrigimos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.