Fulfillment: Conheça a estratégia logística que pode reduzir custos no e-commerce


Fulfillment é um tema que está em alta no universo do e-commerce. Grandes marcas do segmento, como Mercado Livre e Amazon, estão investindo forte nesse tipo de logística. 

Isso, naturalmente, gera curiosidade e interesse em quem vende pela internet. Afinal, se as principais referências do comércio eletrônico estão apostando no processo, ele deve ter benefícios. 

Mas quais serão esses benefícios? Será que há vantagens apenas para as grandes marcas de markeplaces, como as que citamos antes?

Se você quer entender o que é fulfillment e por que o termo se popularizou tanto no comércio digital, neste artigo vamos falar sobre isso. 

Veremos que o fulfillment pode ser usado como uma estratégia na redução de custos da entrega de produtos vendidos pela internet. 

Também mostraremos como o processo logístico pode ser aplicado por quem vende em marketplaces. Confira!

 

O termo fulfillment e sua aplicação no e-commerce

Pode ser que você tenha ouvido falar de fulfillment, mas não entenda exatamente a sua aplicação no e-commerce.

O termo em inglês, em tradução livre para português, pode ser entendido como o cumprimento ou atendimento de uma demanda. 

No caso da logística, seria a entrega do produto de maneira completa e satisfatória para o cliente.

De forma prática, o processo consiste na transferência parcial ou integral do estoque para o Centro de Distribuição (CD) de uma empresa especializada. 

Essa empresa recebe os produtos e fica responsável pelo armazenamento, separação, embalagem e envio do item ao comprador. 

A emissão da Nota Fiscal, a coleta de devoluções e até mesmo o pós-venda também costumam fazer parte do serviço prestado.

 

Os custos da operação logística

Para usar o fulfillment nas vendas online, obviamente, é preciso investir no processo. Normalmente as empresas que realizam esse tipo de logística cobram um percentual dos custos de operação.

Esse valor é um dos pontos mais importantes para avaliar se a estratégia vale a pena para o seu negócio. Você deve considerar o custo de serviço e os benefícios do processo aplicados a sua realidade comercial.

Leia Também: Conheça a Planilha de Custos Fixos da Preço Certo

 

Benefícios do fulfillment na logística das vendas online

Nos últimos dois anos, tanto o Mercado Livre quanto a Amazon investiram em logística no Brasil. Atualmente, as duas empresas contam com serviços próprios de fulfillment, o Mercado Envios Full e o FBA Logística Amazon.

Para os marketplaces, o benefício de investir nesse tipo de processo está na melhora da logística que é um dos pontos mais desafiadores do e-commerce. 

Com uma entrega mais satisfatória, a marca do canal de venda fica fortalecida. Afinal, o marketplace é diretamente responsável pelas compras realizadas através da plataforma.

 

Quais são as vantagens para quem vende em marketplaces?

E para o vendedor quais são as vantagens? A melhoria na qualidade da entrega também gera benefício para o vendedor, claro. 

Adotando um processo logístico que tem como foco a satisfação completa da demanda do cliente, a sua reputação aumenta. 

Porém, não é apenas isso. Em alguns casos, optar pelo fulfillment pode representar ainda uma redução no tempo e nos custos da operação.

Redução nos custos de logística com fulfillment

A redução de custos é uma meta de qualquer empresa, certo? Por isso, vamos profundar nessa questão e entender como o uso do fulfillment pode representar uma economia com logística.

Primeiro, você precisa ter claro que esse resultado depende de cada negócio. Entretanto, esse resultado pode ser obtido porque uma empresa especializada em fulfillment trabalha com grandes demandas. Isso gera uma redução nos valores da composição logística.

 

Como diminuir os custos de logística com essa estratégia?

Assim como outros processos no e-commerce, o fulfillment pode não ser ideal para qualquer negócio. 

Antes de optar por esse tipo de entrega, é preciso fazer uma avaliação criteriosa do custo-benefício da estratégia.

Para realmente ter uma redução de custos com o processo é necessário garantir que a operação ocorra de maneira adequada. 

Afinal, nenhum vendedor quer ficar com estoque parado em um Centro de Distribuição (CD) enquanto a demanda de compra aparece por outro lado.

Tenha plataformas de operação com suporte para fulfillment

Para evitar esse tipo de problema, é preciso usar ferramentas de apoio à operação. Como um sistema de gestão e um hub integrador de vendas em marketplaces. 

Porém, tenha muito cuidado ao escolher a plataforma. Se você quer adotar o processo para escalar as vendas online, é imprescindível que o hub tenha suporte a fulfillment.

No Brasil, o hub ANYMARKET é um exemplo de plataforma que atende os serviços da Amazon e do Mercado Livre, principais serviços de fulfillment do país. 

Usando um hub integrador você terá acesso a funcionalidades exclusivas para esse tipo de logística como: ferramentas de gestão de múltiplos CDs, monitoramento da entrega, flexibilidade de regras de frete, entre outros. 

Ao usar esse tipo de plataforma você também poderá ter acesso a dados exclusivos que ajudam a tomar decisões mais assertivas no planejamento logístico. Esses dados ajudam na busca pela redução dos custos de operação.

 

Como avaliar se o fulfillment é ideal para o meu negócio?

Após considerar os aspectos mais relevantes sobre o fulfillment, chegamos a uma das principais dúvidas dos vendedores. Como saber se o processo pode ajudar a reduzir os custos de logística do meu negócio online?

Para que a adesão ao fulfillment realmente seja vantajosa é preciso que o seu negócio esteja em uma etapa de crescimento. 

O processo é totalmente voltado à expansão do fluxo logístico e ao escalonamento de vendas. É nesse contexto, que você deve calcular o custo-benefício da estratégia.

Alguns pontos que devem ser considerados nessa avaliação:

  • Valor do serviço de armazenagem e gestão fulfillment;
  • Volume atual de movimentação de produtos;
  • Custos do fluxo atual mais a projeção de crescimento a médio e longo prazo;
  • Regiões com maior volume de vendas e possibilidades de expansão;
  • Disponibilidade de Centros de Distribuição (CD) com serviço nessas regiões;
  • Estrutura atual do negócio: plataformas de operação e marketplaces utilizados, entre outros.

Sabemos que a logística é um dos fatores que representa maior desafio para quem vende pela internet. Tanto que os próprios marketplaces estão investindo no processo.

Esperamos que esse conteúdo possa ajudar na logística do seu negócio e que você encontre o caminho ideal para melhorar o serviço e reduzir os custos operacionais.

E não esqueça, esse resultado está diretamente relacionado com a análise e a escolha dos processos mais adequados à demanda do negócio. Assim como passa pela escolha dos sistemas e plataformas ideais para acompanhar o crescimento das suas vendas.

 

 

Conteúdos Relacionados com E-commerce

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.