Precificação por mark-up: Entenda como fazer e cuidados que você precisa ter


O Mark-up é uma das metodologias de precificação mais buscadas por varejistas e é conhecido por ser um método prático e rápido de formação de preços.

Neste artigo vou explicar como fazer a precificação usando o mark-up, então fica até o final.

O que é o Mark-up?

O Markup é o índice que utiliza o custo do produto como base na formação do preço de venda.

Como podemos ver, essa metodologia de precificação se baseia no custo do produto para formar um preço e como iremos ver mais a frente nesta conversa, é preciso prestar atenção em alguns pontos fundamentais.

 

Fórmulas da precificação usando o mark-up

Existem 2 formas de calcular o Mark-up de um produto, mas antes disso, você precisa ter conhecimento de 3 variáveis. São elas:

  • O percentual de despesas variáveis (DV): são todos os gastos relacionados diretamente com a venda, como: comissões e impostos.
  • O percentual de despesas fixas (DF): São todos os gastos não relacionados com o processo de venda, como: funcionários, aluguel, energia elétrica, água e internet.
  • E a margem de lucro desejada (MG): É a margem de lucro desejada naquela venda.

Pronto, com essas informações podemos visualizar as fórmulas de maneira prática.

 

Mark-up Divisor

No caso do mark-up divisor, a fórmula se dá pela divisão do custo total da mercadoria pelo fator mark-up, obtendo assim o preço da venda.

Temos a fórmula:

Índice divisor do Markup = 1 – (DF + DV + MG)

Preço de Venda = Custo da Mercadoria / 1 – (DF + DV + MG)

Vale lembrar que todas as variáveis estão em forma de percentual (%).

 

Mark-up Multiplicador

Já nesse caso, temos um caminho diferente, fazendo basicamente o processo contrário do markup divisor.

Aqui encontramos o preço de venda ao multiplicar o custo total da mercadoria pelo fator markup.

Para esse caso, a fórmula se dá por:

Índice multiplicador do Markup = 1 / (1 – (DF + DV + MG))

Preço de Venda = Custo da Mercadoria * (1 / (1 – (DF + DV + MG))

Aqui, as variáveis também se encontram na forma percentual (%).

Vamos ver um cálculo na prática.

 

O Problema em Usar os Custos Fixos (DF)

Para nós, esta pergunta é comum quando falamos de precificação.

Levar em conta os custos fixos, salários de funcionários e outros custos de operação na formação de preços não é recomendado.

Vou falar sobre esse erro mais à frente, mas de antemão, visualize este cenário:

 Empresa AEmpresa B
Rateio - Custo/Produto (R$/unidade)1,0010,00
Quantidade de Produtos Vendidos1.000,001.000,00
Custos Fixos (R$)1.000,0010.000,00

Você concorda que a empresa B, que possui mais custos fixos, obrigatoriamente terá um preço de venda maior e/ou lucratividade menor que a empresa A, com baixos custos.

Especialmente no varejo, existentes muitos empresários com baixíssimos custos fixos – trabalham de casa, não tem funcionários e outros fatores.

Quando falamos de rateio de custos indiretos, estamos colocando a nossa competitividade em risco.

E no varejo, não podemos dar esse mole, certo?

Para explicar um pouco melhor, chamamos o Roberto Assef, um dos maiores especialistas em precificação de produtos no Brasil, para falar do rateio de custos fixos.

Leia Também: Entenda os perigos da precificação por markup

 

Exemplo da precificação por mark-up

Vamos supor a seguinte situação: Lucas é dono de uma loja de cosméticos e deseja precificar um creme.

Ele definiu que 20% do valor da venda desse creme seria destinado ao pagamento do custo fixo e que a margem de lucro seria de 40%.

Além disso, Lucas apurou que as taxas de venda referentes à venda do creme equivalem a 15% do valor total da venda.

Por fim, ao calcular o CMV (Custo de Mercadoria) do produto, ele chegou ao valor de R$5.

Agora com esses dados, vamos para os cálculos.

 

Cálculo Usando o Mark-up Divisor

Vamos calcular o preço usando o Markup Divisor.

Índice divisor do Markup = 1 – (DF + DV + MG)

Índice divisor do Markup = 1 – (0,20 + 0,15 + 0,40)

Índice divisor do Markup = 1 – (0,75) = 0,25

Substituindo o custo da mercadoria e o índice divisor na fórmula, temos:

Preço de Venda = Custo da Mercadoria / Índice divisor do Markup

Preço de Venda = 5 /0,25 = R$20,00

O preço de venda do creme pelo Markup Divisor seria de R$20,00.

 

Cálculo Usando o Mark-up Multiplicador

Agora vamos calcular de acordo com o Markup Multiplicador.

Índice multiplicador do Markup = 1 / (1 – (DF + DV + MG))

Índice multiplicador do Markup = 1 / (1 – (0,20 + 0,15 + 0,40))

Índice multiplicador do Markup = 1 / (1 – (0,75))

Índice multiplicador do Markup = 1 / 0,25 = 4

Substituindo o custo da mercadoria e o índice multiplicador na fórmula, temos:

Preço de Venda = Custo da Mercadoria * Índice divisor do Markup

Preço de Venda = 5 * 4 = R$20,00

O preço de venda do creme pelo Mark Up Multiplicador é de R$20,00.

Percebe como, independente do caminho escolhido, o preço de venda final é o mesmo em ambos os métodos?

Por isso, você pode escolher aquele que melhor te agrada ou que você considera mais prático no seu dia a dia. A escolha é livre!

Leia Também: Como precificar no Mercado Livre

 

Calculadora para formação de preços

Agora que estamos chegando ao final dessa conversa, te convido a conhecer a nossa calculadora de preços.

Ela é uma ferramenta gratuita desenvolvida pela Preço Certo para facilitar o seu processo de precificação.

Com ela, você terá a orientação certa no cálculo do preço de venda dos seus produtos, além de ganhar tempo, praticidade na operação e principalmente segurança, para que você não corra risco de vender no prejuízo.

 

 

Conteúdos Relacionados com Precificação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.