Entenda tudo sobre margem de lucro: O que é, tipos que existem, fórmulas e estratégias


A margem de lucro, como é chamada por muitos empresários, é um conceito que pode ter diferentes significados dentro de uma mesma empresa.

Margem de lucro bruta? Margem de lucro líquida? Apenas margem de lucro? Margem de contribuição? Ou lucratividade?

Neste artigo irei falar sobre o assunto e espero te ajudar a entender que o seu conceito de margem pode ser diferente do conceito de muitas outras pessoas, além de explicar os cálculos e muito mais!

O que é margem de lucro?

A margem de lucro é o percentual do preço de venda de um produto, serviço ou empresa que é considerado lucro.

Quando estamos analisando apenas um preço de venda isolado, estamos nos referindo a margem de lucro dessa venda apenas como margem de lucro – no próprio tópico irei falar mais sobre isso.

Porém ao olhar para toda a empresa, existem diferentes tipos de lucro. 

Um após retirar todos os custos variáveis, outro após retirar os custos fixos e até um outro antes do imposto de renda.

São muitas nomenclaturas que representam o lucro, porém em uma etapa diferente do DRE e consequentemente, a margem irá mudar.

É nessas horas que precisamos entender dois indicadores financeiros muito importantes: a margem de contribuição e a lucratividade.

 

Margem de lucro ou margem de contribuição?

Eu sei, existe muita confusão quando falamos nesse assunto.

Porém ao falar sobre, você pode estar se referindo a um indicador financeiro extremamente importante e poderoso, que é a margem de contribuição.

Caso você não saiba, a margem de contribuição é a margem de lucro bruta do produto ou da empresa que vai contribuir para o pagamento dos custos fixos.

E como você já deve saber, um produto possui apenas uma margem de lucro, que é a tal margem de contribuição.

Logo, ao se perguntar:

  • Qual é a margem de lucro do meu produto?
  • Qual é a margem de lucro bruto da minha empresa?

Você estará se referindo à margem de contribuição.

 

Margem de lucro ou lucratividade?

Aposto que você deve estar se perguntando: “O que essa lucratividade representa então?”

E eu vou explicar!

A lucratividade representa o percentual do seu faturamento que é lucro líquido.

Portanto, se você deseja apurar a margem de lucro líquida da sua empresa, estaremos falando da lucratividade do negócio.

E se alguém lhe perguntar:

  • Qual é a margem de lucro líquida da minha empresa?

Você saberá que essa pessoa está se referindo à lucratividade.

Se enquanto explicava esses conceitos, você se perguntou: qual é a diferença entre a margem de lucro bruta e líquida?

Deixe-me explicar!

 

Qual é a diferença entre margem de lucro bruta e líquida?

A diferença entre a margem de lucro bruta e a margem líquida é bem simples.

Enquanto a margem bruta representa o lucro bruto obtido após a subtração dos custos variáveis da receita, a margem líquida representa o lucro líquido obtido após a subtração dos custos fixos do lucro bruto.

Conforme a tabela abaixo:

DREAno 2021
Receita Operacional Bruta 100.000,00
▶ Deduções (Impostos, Devoluções..)-20.000,00
Receita Operacional Líquida 80.000,00
▶Custos e Despesas Variáveis-60.000,00
Lucro Bruto (Margem de Contribuição) 20.000,00
▶ Custos e Despesas Fixas-50.000,00
Lucro Operacional-30.000,00

Com isso em mente, ficou mais fácil entender como a margem de contribuição e a lucratividade representam a margem de lucro bruta e líquida, respectivamente.

 

Como calcular a margem de lucro?

A essa altura da conversa, você entende os diferentes tipos de margem de lucro e agora, muito provavelmente quer entender como calcular cada uma dessas métricas, certo?

Abaixo irei mostrar como calcular os diferentes tipos de margem.

Fórmula da margem de lucro de um produto

Para calcular a margem de lucro de um produto, basta seguir a fórmula abaixo:

Margem de Lucro = ((Preço de venda – Custos variáveis)*100) / Preço de venda

Irei exemplificar:

  • Preço de venda: R$15
  • Custos variáveis: R$10

Esses custos variáveis são a soma de todos os valores pagos na venda e que devem ser considerados na precificação, como alíquotas tributárias, comissões de marketplace, cmv, taxa do cartão, etc.

Pela fórmula, temos que a margem de lucro (ou margem de contribuição unitária) é:

Margem de Lucro da venda = ((Preço de venda – Custos variáveis)*100) / Preço de venda

Margem de Lucro da venda = ((15-10)*100) / 15

Margem de Lucro da venda = 500 / 15 = 33,3%

Bem simples, concorda?

Caso deseje saber, nós criamos este artigo que explica como precificar um produto.

[Baixe Gratuitamente] Calculadora de preços

Fórmula da margem de lucro bruto

Para calcular a margem de lucro bruto da empresa, basta seguir a fórmula abaixo:

Margem de Lucro Bruto = ((Faturamento Bruto – Deduções, Custos e despesas variáveis)*100) / Faturamento Bruto

Também irei exemplificar:

  • Faturamento bruto: R$10.000
  • Deduções (impostos, devoluções, etc): R$1.000
  • Custos e despesas variáveis: R$6.000

Pela fórmula, temos que a margem de lucro bruto (ou margem de contribuição total) é:

Margem de Lucro Bruto = ((Faturamento Bruto – Deduções, Custos e despesas variáveis)*100) / Faturamento Bruto

Margem de Lucro Bruto = ((10000-(1000+6000))*100) / 10000

Margem de Lucro Bruto = 300000 / 10000 = 30%

Portanto essa empresa gerou R$3.000 de lucro bruto e a margem bruta dessa empresa é de 30%.

Em outras palavras, para cada R$1 faturado, esse negócio gerou R$0,30 para contribuir no pagamento dos custos fixos.

Leia também: Como calcular a margem de lucro da empresa?

 

Fórmula da margem de lucro líquida

A terceira fórmula que iremos utilizar é a do cálculo da margem líquida, ou lucratividade:

Lucratividade = ((Lucro Bruto – Custos e despesas fixas)*100) / Faturamento Bruto

Exemplificando:

  • Faturamento bruto: R$10.000
  • Lucro bruto (mesmo resultado do exemplo anterior): R$3.000
  • Custos e despesas fixas: R$2.000

Pela fórmula, temos que a margem de lucro líquida (ou lucratividade) é:

Lucratividade = ((Lucro Bruto – Custos e despesas fixas)*100) / Faturamento Bruto

Lucratividade = ((3000 – 2000)*100) / 10000

Lucratividade = 100000 / 10000 = 10%

Esse negócio gerou R$1.000 de lucro líquido e portanto, teve uma lucratividade de 10%.

Todos esses exemplos foram bem simples apenas para lhe explicar como é o conceito de cada métrica, mas existem modelos mais elaborados e complexos que vão são utilizados em empresas de médio e grande porte.

 

2 dicas para aumentar a margem de lucro

Agora que você já entende todos os tipos de margem e como calcular cada uma delas, resolvi compartilhar algumas dicas de como você pode lucrar mais.

Criação de KIT’s

Criar kit’s é uma excelente estratégia de precificação capaz de maximizar o lucro das suas vendas.

Pense na possibilidade de utilizar produtos que geram vendas recorrentes para a sua empresa e crie um kit usando um produto que complemente o mesmo.

Como por exemplo: vender um tênis e a meia. Ou uma bermuda e o cinto.

Ou até mesmo trabalhar com a possibilidade de vender mais de uma unidade do mesmo produto conforme a imagem abaixo.

kits aumentam a margem de lucro da venda
kits podem aumentar a margem de lucro da venda

Uma vez criado o novo produto, você pode transmitir esse valor através da precificação.

Como a percepção de valor do cliente será maior nesta venda, você pode testar um eventual aumento da margem de contribuição.

 

Cuidado com a precificação baseada na concorrência

Se basear apenas na concorrência é uma excelente maneira de perder dinheiro.

Como assim? – Você pode se perguntar.

Quando você se baseia apenas no mercado para precificar os seus produtos, você deixa de lado todos os atributos que te ajudarão a se diferenciar além de trazer consequências sérias ao seu bolso.

Quem nunca brigou por preços ou já viu isso acontecer em um marketplace?

A precificação baseada na concorrência é uma excelente estratégia para entender os máximos e mínimos praticados pelo mercado, mas não deve ser apenas o único fator para tomar decisões.

Há produtos que você pode brigar por preços, claro – Porém não deve ser todo o seu portfólio e você precisa ter uma estratégia por trás.

Como estimular a recompra de produtos mais caros a fim de diminuir o custo de aquisição de clientes, por exemplo.

No fim das contas, guerrear preços diminui a sua margem de lucro e consequentemente, aumenta o seu ponto de equilíbrio operacional.

O que lhe impede de lucrar mais.

 

Existe margem de lucro ideal?

A resposta é não, pois cada empresa possui objetivos e estratégias diferentes e por conta disso, as margens devem viabilizar essa operação.

Dê uma conferida neste vídeo e entenda o que quero dizer:

Bem interessante, não acha?

Este vídeo foi retirado do canal da Preço Certo, no YouTube – clique aqui para se inscrever e entender mais sobre precificação.

 

Vamos calcular a margem de lucro?

Acredito que estamos chegando ao fim dessa conversa e a essa altura do jogo, você já deve entender que o que exatamente é a margem de lucro (ou melhor quais) e como calcular.

Para finalizar esse artigo, quero lhe convidar para conhecer a nossa calculadora de preços.

Com essa planilha gratuita, você conseguirá calcular os seus preços e entenderá a margem de lucro real de cada produto vendido.

Calcule seu preço de venda do produto

 

 

Conteúdos Relacionados com Indicadores

2 comentários em “Entenda tudo sobre margem de lucro: O que é, tipos que existem, fórmulas e estratégias”

  1. O custo de um produto meu é de 4,50 e eu vendo por 10,00 portanto minha margem de lucro é de 55% correto ?
    Vamos supor que meu custo subiu de 4,50 para 6,50, qual conta ou fórmula devo fazer para manter uma margem de lucro de 55% que eu tinha antes ??

    1. Lucas Souza

      Não necessariamente, Diogo!
      Desses 10,00, você precisa retirar também os custos relacionados à venda do produto como: tributação, comissões e taxas.
      Após fazer isso, você encontrará a sua margem de contribuição ou margem de lucro do produto.
      Para precificação e manter uma determinada margem, você precisa seguir essa fórmula: Preço = Custo / 1 – (Margem + Custos de venda)
      No qual a margem e custos de venda estão em casas decimais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.