Saiba o que é a margem líquida e como calcular


A margem líquida da empresa é um indicador extremamente importante e capaz de nos ajudar a dizer se a operação está saudável ou não.

Neste artigo, irei explicar o que significa, sua fórmula, como calcular, a sua importância e responder algumas dúvidas que a maioria do mercado possui.

Vamos lá?

O que é a margem líquida?

A margem de lucro líquido representa o percentual do faturamento que é considerado lucro líquido, obtido após a retirada de todos os custos fixos e variáveis, despesas diretas e indiretas.

Assim como o nome nos dá uma pista, esse indicador se refere ao lucro líquido da operação e pode ser chamado também de lucratividade.

 

Margem líquida ou lucratividade?

A lucratividade é um indicador que também representa o percentual do faturamento que é lucro líquido e ao ligarmos os dois pontos, percebemos que estamos falando do mesmo assunto.

Tanto a margem líquida quanto a lucratividade se referem ao mesmo dado, logo são sinônimos.

Portanto, se alguém lhe perguntar sobre esses dois indicadores, não haverá distinção.

 

Como calcular a margem de lucro líquida?

Para calcular a margem de lucro líquida ou lucratividade, basta dividir o lucro líquido pelo faturamento naquele determinado período.

Porém, se você me perguntar: “Como irei chegar ao lucro líquido?”

Dúvidas para entender a margem de lucro
Pessoa com dúvidas para encontrar o lucro líquido

Eu vou lhe responder!

Como calcular o lucro líquido

Para chegarmos ao lucro líquido da empresa, precisamos entender que há certos estágios que precisamos seguir no demonstrativo financeiro.

Cada estágio possui uma definição específica de lucro a depender do porte e modelo de negócios e que o último estágio do DRE é o lucro líquido.

Para exemplificar o que quero dizer, criei essa tabela:

DREAno 2021
Receita Operacional Bruta 100.000,00
▶ Impostos sobre as vendas-2.000,00
Receita Líquida 98.000,00
▶Custos e Despesas Variáveis-50.000,00
Lucro Bruto (Margem de Contribuição) 48.000,00
▶ Custos e Despesas Indiretas-20.000,00
Lucro Operacional28.000,00
▶ Receitas Financeiras0
Lucro antes do IR e CSLL 28.000,00
▶ IR e CSLL9.500,00
Lucro líquido18.500,00

Neste caso, após retirar do faturamento de R$100.000, todos os custos e despesas da operação, levando em consideração um regime por competência – onde não analisamos os valores no tempo -, obtivemos um lucro líquido de R$18.500.

 

Fórmula da margem líquida

Agora que entendemos como chegar ao lucro líquido, basta aplicar a fórmula abaixo:

Margem líquida = (Lucro líquido / Receita bruta)*100

Utilizando os dados da tabela acima, temos uma lucratividade de:

Margem líquida = (18500 / 100000)*100

Margem líquida = 18,5%

Portanto, esse dado nos disse que a cada R$1.00 faturado por essa empresa, foi gerado R$0,185 de lucro líquido.

[Baixe Gratuitamente] Calculadora de Indicadores Financeiros

 

Qual é a importância de calcular a margem líquida?

Como você já deve ter visto, a margem líquida permite sabermos o quanto de lucro líquido a empresa está gerando e apenas essa informação é importante demais.

Mas não paramos por aí!

Separei alguns benefícios que você terá ao analisar esse indicador.

 

Entenda como está a saúde da sua empresa

Quando você analisa a sua margem líquida, você entende se naquele período a empresa obteve ganhos ou prejuízos.

O que é um sinal de que as suas vendas não estão em equilíbrio com a sua estrutura de custos e algo deve ser feito o quanto antes.

Além disso, equilibrar a lucratividade com a geração de caixa, através do capital de giro, nos dará controle e entendimento sobre a saúde financeira da empresa.

Dessa forma, teremos controle sobre o saldo das vendas e o quanto desse valor a empresa conseguirá contar naquele momento.

 

Tome decisões com previsibilidade

Quando falamos em previsibilidade, estamos buscando antecipar um determinado comportamento.

Ao tomar decisões que vão influenciar os indicadores financeiros da empresa, nós precisamos saber em quanto será o impacto para não haver surpresas.

Exemplo: Na tabela que criamos, registramos um lucro antes do IR e CSLL de R$28.000 e um lucro líquido de R$18.500.

Caso tomássemos decisões que aumentassem os custos fixos em mais de R$28.000, iríamos registrar prejuízo na operação.

Apenas essa simples análise já nos diz muito, imagine o universo de decisões que podemos tomar ao saber essa informação.

 

No mundo dos investimentos

Um dos indicadores que todo investidor precisa olhar antes de realizar um aporte é a geração de lucro líquido da empresa.

Se você pensa em vender o seu negócio algum dia, a lucratividade será um dos fatores a serem considerados no cálculo do valuation da empresa.

Lucratividade como indicador de investimentos
A lucratividade é um dos principais indicadores para investidores

Agora que você entendeu a importância da margem de lucro líquida, irei responder algumas dúvidas que muitas(os) empresárias(os) possuem.

 

Margem líquida e margem bruta: quais as diferenças?

A diferença entre a margem bruta e a margem líquida de uma empresa é bem simples.

A margem bruta representa a margem de contribuição da empresa, ou seja, o lucro bruto que será utilizado para contribuir no pagamento dos custos e despesas fixas.

E como você conferiu neste artigo, a margem líquida está localizada alguns passos após esse cálculo, representando o lucro líquido.

Bem simples, não acha?

 

A lucratividade ideal para uma empresa

Uma dúvida que muitos lojistas possuem é sobre a margem de lucro ideal para a empresa.

E quando nós recebemos essa pergunta, a nossa resposta é sempre a mesma: depende.

Depende da sua estratégia.

Há empresas que assumem o risco de ter uma margem de lucro negativa durante algum tempo para atingir algum objetivo.

Enquanto há empresas que jamais se colocariam em um cenário como esse.

Ter 1% ou 10% de lucratividade é apenas uma informação que nos ajuda a tomar decisões, com base no cenário atual da empresa.

O que podemos concluir sobre esse assunto é que os seus objetivos devem nortear a sua estratégia e é através dela, que você alcança uma lucratividade ideal.

 

2 dicas para aumentar a lucratividade

Você já deve saber muito mais sobre a margem líquida do que 99% das pessoas e isso é muito bom.

Por isso, trouxe duas ações simples para que você consiga tornar a sua empresa mais lucrativa.

Controle dos custos fixos

Como você viu, uma das etapas para chegarmos ao lucro líquido é subtrair os custos fixos do lucro bruto.

Portanto, uma das alternativas para aumentar os ganhos é enxugar a estrutura de gastos.

Apure corretamente os custos fixos relacionados apenas à operação e com esse controle, podem surgir oportunidades de otimização.

Como por exemplo, ao enxugar o portfólio de produtos, nós economizamos espaço no armazém e isso pode significar uma possível mudança para um local mais barato.

Utilize essa planilha de controle dos custos fixos para começar!

Analise e registre os seus custos fixos

 

Cuidado com a margem de lucro dos produtos

Uma outra alternativa para ser mais lucrativo é tomar muito cuidado com a precificação de produtos.

É comum encontrar empresas que baseiam a sua formação de preços pela intuição, ou fazem precificação baseada na concorrência e até, usam um fator markup aleatório.

Métodos de precificação pouco eficientes quando utilizados individualmente e que não oferecem uma visão da margem de contribuição do produto.

Ao realizar uma precificação correta, nós entendemos o quanto cada venda nos retorna em forma de lucro e com essa visão, podemos fazer incrementos marginais nos preços ou deixar de vender certos produtos.

Estratégias de precificação que aumentam o lucro bruto da empresa.

 

Conclusão sobre a margem de lucro líquida

Estamos chegando ao fim da nossa conversa sobre margem líquida e acredito que fiz o meu papel em compartilhar um pouco do que sei, com você.

Gostaria de frisar que o controle desse indicador deve ser periódico e se possível, mensal.

Realize as análises em seus indicadores e garanto que o crescimento organizado da sua empresa estará garantido.

Por fim, lhe convido a baixar a nossa calculadora de indicadores financeiros para que você consiga calcular a lucratividade da sua empresa e muitos outros indicadores.

Deixe os seus comentários aqui no artigo e até a próxima!

Calculadora de indicadores financeiros

 

 

Conteúdos Relacionados com Indicadores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.